photo 9590ad90-645d-45c2-a6e4-91e48213f14b_zpsrvkhcolv.jpg
Pingo D'água | Mistic Angel

23 de janeiro de 2013

Pingo D'água


Pingo D'água

Insignificante é o pingo d'água, todavia, com o tempo, traça um caminho no corpo duro da pedra.
Humilde é a semente, entretanto, germina com firmeza e produz a espiga que enriquece o celeiro.
Frágil é a flor, contudo, resiste à ventania, garantindo a colheita farta.
Minúscula é a formiga, mas edifica, à força de perseverança complicadas cidades subterrâneas.
Submissa é a argila, no entanto, com o auxílio do oleiro, transforma-se em vaso precioso.
Branda é a veste física, que um simples alfinete atravessa, todavia suporta vicissitudes incontáveis e sustenta o templo do Espírito em aprendizado, por dezena e lustros, repletos de necessidades e padecimentos morais.
O verdadeiro progresso prescinde da violência.
Tudo é serenidade e seqüência na evolução.
Aprendamos com a Natureza e adotemos a brandura por diretriz de nossas realizações para a vida mais alta, mas não a brandura que se acomoda com a inércia, com a perturbação e com o mal e sim aquela que se baseia na paciência construtiva,
que trabalha incessantemente e persiste no melhor a fazer, ultrapassando os obstáculos que a ignorância lhe atira à estrada e superando os percalços da luta, a sustentar-se no serviço que não esmorece
e na esperança fiel que confia, sem desânimo, na vitória final do bem. 

De André Luiz, 
psicografia de Francisco C.Xavier


3 comentários:

Élys disse...

Maravilhosa mensagem como todas as de André Luiz.
Um grande abraço.

Milene Lima disse...

Olá. Grata pela sua visita lá no meu blog, mas fiquei meio perdida sem saber o que é CVC e como fui parar por lá. Poderia me dar uma luz?

Linda mensagem... Tomara consigamos assimilá-la e por em prática o que nos dizem os grandes seres de luz.

Abraços.

Esplendor da Criação disse...

Olá, venho conhecer seu blog através da festa da Lindalva. Adorei este texto entre tantos, mas como o tempo é curto fiquei por aqui, voltarei outra vezes. Que sejamos como pingosdáguas pelos caminhos. Bjs. Ieda.