photo 9590ad90-645d-45c2-a6e4-91e48213f14b_zpsrvkhcolv.jpg
| Mistic Angel

25 de maio de 2013


Ajuda-te

Sim, nas leis da reencarnação, quase todos nós, os filhos da Terra, temos o passado a resgatar, o presente a viver e o futuro a construir.
Lembremo-nos, assim, de que, nas concessões da Providência Divina, o nosso mais precioso lugar de trabalho chama-se “aqui” e o nosso melhor tempo chama-se “agora”.
Detenhamo-nos, por isso, na importância das horas de hoje.
Ontem, perturbação.
Hoje, reequilíbrio.
Ontem, o poder transviado.
Hoje, a subalternidade edificante.
Ontem, a ostentação.
Hoje, o anonimato.
Ontem, a incompreensão.
Hoje, o entendimento.
Ontem, o desperdício.
Hoje, a parcimônia.
Ontem, a ociosidade.
Hoje, a diligência.
Ontem, a sombra.
Hoje, a luz.
Ontem, o arrependimento.
Hoje, a reconstrução.
Ontem, a violência.
Hoje, a harmonia.
Ontem, o ódio.
Hoje, o amor.
Diz-nos a sabedoria de todos os tempos — “Ajuda-te que o Céu te ajudará” —, afirmativa sublime que nos permitimos parafrasear, acentuando: “Ajuda-te hoje, que o Céu te ajudará sempre”.

Autor: André Luiz
Psicografia de Francisco Cândido Xavier


4 comentários:

edumanes disse...

Felicidade, não faz parte da traição
Amizades não se devem perder
Tudo de bom te desejo meu irmão
Aqui na terra a viver.
Venho do CVC, fazer minha visita
Bela narrativa acabei de ler
Sábado à tarde, neste dia
Meu comentário acabei de escrever.
Bom fim de semana e um abraço
para você, amigo Vanderlei.
Eduardo.

Célia Rangel disse...

Estar bem e em equilíbrio pessoal e utilizando-se do bom senso é a melhor fórmula de se viver.
[ ] Célia.

Magiagifs disse...

oieeee tudo bem com vc?
Te desejo uma ótima noite e um domingo abençoado,recheado de alegrias.
“Quem caminha sozinho pode até chegar mais rápido, mas aquele que vai acompanhado,
com certeza vai mais longe”
Beijinhus
Magiagifs(Li)

BlueSapphire disse...

Oi menininho lindo, tudo bem?
Agradecendo sua visita em meu bloguinho, e pelas poesias lindas tb... adorooo!!!

Ah CVC Sempre heim... =D

bom domingo para você!!!

Beijinhos meus